Rita Ferreira

Óbidos, 1991
Vive e trabalha em Lisboa. É licenciada em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. Venceu, em 2016, a Bolsa Jovens Criadores do Centro Nacional da Cultura.

Conta com exposições individuais tais como:
Tara, Galeria F2 em Madrid (2019);
Anexo B, com curadoria de Ana Cristina Cachola e Marta Espiridião, no Anexo, Lisboa (2018) e Boca Seca Coluna Húmida, com curadoria de Ana Cristina Cachola na Galeria Diferença (2017).
Entre as exposições colectivas contam- se:
El Fantasma de una oportunidade, curadoria de Ana Cristina Cachola, La Nave Sánchez-Ubiría, Madrid (2019); Chama: Julio Pomar, Sara Bichão e Rita Ferreira, curadoria de Sara Antónia Matos no Atelier-Museu Júlio Pomar, Lisboa; 10 Anos/Artistas/Comissões – Colecção António Cachola, curadoria Ana Cristina Cachola, Filipa Oliveira e João Laia, Chiado 8 – Espaço Fidelidade, Lisboa (2018); 10000 Anos Depois entre Vénus e Marte, curadoria de João Laia, Galeria Municipal do Porto, Porto (2017); Efeito-Suruba, curadoria de Pipi Colonial, Rua das Gaivotas6 – Lisboa (2017); 3 – Casa da Dona Laura, Lisboa (2017);
O tempo inscrito – Memória, hiato e projecção, curadoria de Sérgio Fazenda Rodrigues, Quartel – Abrantes (2017); Tudo o que é profundo ama a máscara, curadoria de Ana Cristina Cachola, Galeria 3+1 Arte Contemporânea – Lisboa (2017); A coisa está preta, curadoria de Pipi Colonial, Bregas – Lisboa (2017); Primeira Página, Galeria Módulo – Lisboa; O Papel do desenho. O mundo é a minha imaginação, Galeria Angeles Baños – Badajoz; Finalistas de Pintura, SNBA – Lisboa (2014); Ninguém diz nada, Quinta da Alagoa – Carcavelos;
FUSO- Anual de Video-Arte Internacional de Lisboa, Fundação EDP-MAAT – Lisboa; Summer Calling, Sala do Veado – MNHNC – Lisboa (2013).

RF_Fino_2017
AJS-AMJP1801-00
RF_Forro_2018_AJS-AMJP
leitedecabra