Ana Pérez-Quiroga

A tua roupa ficava um espanto no chão da minha sala