Alice Geirinhas

Licenciou-se em Escultura pela FBAUL, frequentou o mestrado em Práticas Artísticas Contemporâneas na FBAUP, e é doutorada em Arte Contemporânea pelo Colégio das Artes, Universidade de Coimbra. Foi professora de ilustração na Fundação Calouste Gulbenkian e na escola de arte Ar.Co. Foi programadora e coordenadora da área de formação na Bedeteca de Lisboa (2001-2005). Atualmente é professora auxiliar de Desenho no curso de Design e Multimédia da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra. À sua primeira exposição individual, A Nossa Necessidade de Consolo É Impossível de Satisfazer, na Galeria Zé dos Bois, seguiram-se (entre outras), Alice, Bedeteca de Lisboa; Ce sex qu’est pas un, Museu do Neo-realismo, Vila Franca de Xira.
De entre as exposições colectivas que integrou destacam-se: Re-produtores de Sentido, SESC Rio – Rio de Janeiro, Brasil; Portugal: 30 Artists Under 40, The Stenersen Museum – Oslo, Noruega; Tudo o que é sólido dissolve-se no ar, Museu Berardo, e A Filosofia do Dinheiro, Museu da Cidade, Lisboa, ambas com o colectivo Sparring Partners, do qual faz parte.

tania_vanessa
a_minha_mae
carla_i_ii_iii_iv
CHORA
MARIA
EVE