Adriana Molder

Nasceu em Lisboa em 1975. Vive e trabalha em Berlim. Tem o curso de Realização Plástica do Espectáculo, da Escola Superior de Teatro e Cinema (1997) e o curso de Desenho, Avançado de Arte Plásticas e Projecto Individual, da AR.CO (1998-2002). Recebeu o prémio CELPA/ Vieira da Silva – Artes Plásticas – Revelação 2003 e o Herbert Zapp Prémio para jovens artistas, Berlim, 2007. Em 2004 foi-lhe atribuída a Bolsa CNC (Centro Nacional de Cultura) Jovens Criadores. Realizou as residências artísticas Budapest Galeria, em Budapeste (2005) e Künstlerhaus Bethanien, em Berlim (2006-07). Expõe regularmente desde os inícios dos anos 2000. Tem realizado diversas exposições individuais e colectivas, em Portugal e no estrangeiro, em galerias e instituições como o Sintra Museu de Arte Moderna – Colecção Berardo; a Galeria Presença, no Porto; o Museu de Arte Sacra do Funchal; a Fundação Carmona e Costa, em Lisboa; a Künstlerhaus Bethanien, em Berlim; a Fundação Arpad Szenes Vieira da Silva, em Lisboa; o Donopoulos International Fine Arts, em Salónica, Grécia; o Museu Colecção Berardo, em Lisboa; o MACUF – Museo de Arte Contemporaneo Union Fenosa; a Galerie fuer Zeichnung, em Berlin; o Centro Cultural de Lagos; o Palácio de Queluz; entre outras. As suas obras estão representadas nas colecções do BES, Banque Privée Edmond de Rothschild, Caixa Geral de Depósitos, C.A.V., Colecção Berardo, Fundação EDP, Fundació Sorigue, Kupferstichkabinett-Staatliche, Museen zu Berlin, PLMJ, Union Fenosa

Tinta da china s/ papel esquisso, 300x200 cm