Edgar Martins

Nasceu em Évora, em 1977. Cresceu em Macau, onde publicou o seu primeiro livro, Mãe, deixa-me fazer o pino. Em 1996, muda-se para o Reino Unido. Actualmente, vive e trabalha em Bedford. Estudou Fotografia no London College of Printing, e no Royal College of Art, ambos em Londres. Expõe regularmente desde o início da década 2000. Em 2010, o Centre Culturel Calouste Gulbenkian, em Paris, acolheu a primeira exposição retrospectiva deste artista. O seu trabalho tem sido várias vezes distinguido, nomeadamente com o New York Photography Award (2008), com o Prémio BES Photo (2009) e com o Sony World Photography Award (2009). O seu primeiro livro, Black Holes & 0ther lnconsistencies foi galardoado com o Thames & Hudson and Society Book Art Prize. O seu trabalho tem sido mostrado em importantes instituições nacionais e internacionais como o PSI MOMA, em Nova Iorque; o Centro Cultural de Belém, em Lisboa; o Museu do Oriente, em Lisboa; o Centro Cultural Hélio Oiticica, no Rio de Janeiro, entre outras. As suas obras estão representadas nas colecções do V&A, do National Media Museum, em Bradford, no Dallas Museum of Art, nos EUA, da Fundação Calouste Gulbenkian, entre outras.

Fotografia, 98x127 cm
Fotografia, 98x127 cm
Fotografia, 98x127 cm
Fotografia,  98x127 cm
Prova por revelação cromogénea, colada sobre alumínio e diasec, 100  x 250 cm