Pedro Casqueiro

Nasceu em Lisboa, em 1959. Vive e trabalha em Lisboa. Frequentou a Escola Superior de Belas Artes de Lisboa e começou a expôr individualmente em 1981, depois de ter mostrado trabalhos na exposição colectiva comissariada por Silvia Chicó, “Talentos Emergentes”. Em 1984, expõe no Bar Frágil. Recebeu bolsa para ateliê da Fundação Gulbenkian, em 1985. Ao longo do seu percurso tem realizado várias exposições individuais em várias galerias como a Módulo, Lisboa e Porto; Galeria Presença, no Porto; e Galeria Filomena Soares, em Lisboa. Em 1997, realiza uma exposição antológica no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa e, no ano seguinte, no Museu de Arte Contemporânea, Fotaleza de S. Tiago, no Funchal. Representou Portugal na XLII Bienal de Veneza (1986) e em 1992 foi um dos artistas seleccionados para a exposição “I0 Contemporâneos”, na Fundação de Serralves. Em 1986 participa na V Bienal de Cerveira, sendo distinguido com o Prêmio de Aquisição. As suas obras estão representadas nas coleções Caixa Geral de Depósitos, Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, Centro de Arte Moderna Fundação Calouste Gulbenkian, entre outras.

Impressão fotográfica sobre papel
92 x 74 cm
Acrílico sobre tela
9 x 24,5 cm
Acrílico sobre serigrafia sobre tela
195x290cm
Acrílico sobre tela
190x214cm,